Redução de Sódio pode ser o novo passo para a melhoria da Saúde no Brasil.

Ministério da Saúde retirou mais de 1,2 bilhões de tonaladas de sódio das prateleiras em apenas 3 produtos. Este pode ser mais um passo para a saúde perfeita do brasileiro.

O Ministério da Saúde divulgou no início de agosto, os primeiros resultados da redução do teor de sódio dos alimentos industrializados. O compromisso foi estabelecido em novembro de 2013, após um acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (ABIA) para diminuir a presença da substância em laticínios, embutidos e refeições prontas.

A parceria tem como objetivo retirar 28 mil toneladas de sódio da alimentação dos brasileiros, até 2020. Por enquanto, a redução nos macarrões instantâneos já foi de 30%. Entre a primeira união do Ministério com a ABIA, em 2011, até o fim de 2013, a diminuição do ingrediente em bisnaguinhas, bolos prontos, biscoitos e caldos foi de 11,3 toneladas. Mesmo nas indústrias não associadas à ABIA, houve melhora na média de teor de sódio dos produtos.

De acordo com o Ministério, haverá um constante monitoramento que prevê: observação do rótulo dos alimentos, análise laboratorial que quantifica teor de sódio nos alimentos e inquéritos populacionais para avaliar o padrão de consumo da população e a prevalência da hipertensão arterial. Até o fim de 2014, ainda serão transmitidos outros resultados sobre o acordo de cooperação.

De acordo com a Pesquisa do Orçamento Familiar (POF) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o brasileiro consome 12 gramas de sódio por dia, incluindo o sal de mesa e o sódio dos alimentos. O índice representa mais que o dobro da recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) – 5 gramas. Os maus hábitos relacionados ao excesso de consumo da substância elevam o risco de problemas cardiovasculares, aumento da pressão arterial, colesterol ruim alto, diabetes tipo 2 e obesidade. "Promover alimentação saudável é fundamental para a população", diz o ministro da Saúde, Arthur Chioro.

Para reduzir o consumo de sódio na dieta da sua família, evite deixar o saleiro sobre a mesa durante as refeições – as crianças tendem a preferir sabores mais intensos e podem cair na tentação de abusar do tempero. Para substituí-lo, opte por ervas ou por limão para dar um gostinho na salada. E claro: sempre tente evitar a ingestão de industrializados, como salgadinhos, embutidos e enlatados. Quando possível, prepare a refeição na sua casa: você saberá a quantidade correta de sódio para garantir a saúde de todos, certo?